Nvidia se torna a empresa mais valiosa do mundo: de placas de vídeo à dominação da IA

A Nvidia, conhecida por seus chips de inteligência artificial e placas de vídeo, tornou-se a empresa mais valiosa do mundo em 18 de junho de 2024, superando gigantes como Microsoft e Apple, com uma avaliação de US$ 3,33 trilhões.

Esse marco destaca a crescente demanda por seus chips usados em IA, especialmente os modelos H100 e A100, essenciais para o treinamento de modelos como o ChatGPT.

Fundada em 1993 pelo imigrante taiwanês Jensen Huang, a Nvidia começou como fabricante de placas de vídeo para jogos, mas expandiu seu portfólio para incluir chips de IA, dominando cerca de 80% do mercado.

A empresa não fabrica seus chips internamente; essa tarefa é realizada pela Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC).

Os resultados financeiros da Nvidia têm sido impressionantes, com um aumento de 628% no lucro líquido no primeiro trimestre de 2024 em comparação com o mesmo período do ano anterior.

A empresa, liderada por Huang, é reconhecida pela sua flexibilidade e capacidade de adaptação, o que foi fundamental para sua trajetória de sucesso.

O futuro da Nvidia inclui o lançamento da plataforma Rubin em 2026, com planos de lançar novas famílias de chips de IA anualmente.

A empresa também está explorando o mercado de chips personalizados para empresas de computação em nuvem, buscando diversificar suas fontes de receita e manter sua liderança no setor.

Deixe um comentário